Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

massarebarbativa



Domingo, 02.11.14

Um breve passeio por Coimbra

Um breve passeio matinal e dominical por algumas artérias de Coimbra é revelador do confrangedor estado de abandono e desleixo ao qual a cidade se encontra sujeita de uns anos a esta parte. Qualquer munícipe munido de um telemóvel com câmara fotográfica pode testemunhar esta triste realidade. O conjunto de situações aqui apresentadas repetem-se amiúde por diversos locais da cidade. Basta meia dúzia de fotografias para ajudar a perceber o quanto está por fazer e mudar. Talvez faltem os meios financeiros e/ou humanos para dar uma resposta satisfatória a estas situações, ou talvez, falte, o que é pior conhecimento de causa. Pois não sei! A verdade é que os anos passam, e a ideia com que se fica é a de que não tem sido feito o suficiente para melhorar determinados aspectos menos positivos na cidade. Esta realidade deveria levar as diversas entidades competentes a ter uma atuação proativa, mas infelizmente nem uma atitude reativa são capazes de ter. A cidade exige mais, a elevação de parte da baixa e alta a património mundial da Unesco exige muito mais! Já não basta tapar buracos aqui e ali, pintar umas paredes acolá! Obviamente que uma parte significativa das situações tem origem na falta de civismo das pessoas. Coimbra tem tudo para ser uma cidade encantadora, mas não há encanto quando o lixo se acumula junto a caixotes do lixo desenraizados, quando a calçada tem as pedras soltas e espalhadas pelo passeio e estrada, quando o património público ou privado é vandalizado por graffitis, quando se encontra acumulado lixo, como uma cadeira de plástico e restos de uma obra qualquer, despejados nas traseiras da faculdade de letras, quando os turistas para poder circular pela alta têm de se desviar dos carros mal estacionados, ou ainda terem de se agarrar uns aos outros porque um corrimão desapareceu há mais de um ano! Esta realidade não é própria de uma cidade que se pretende moderna e consciente da sua história ímpar. Seja de quem for a responsabilidade, façam alguma coisa! O melhor seria, talvez, sentarem-se todos à mesma mesa e articularem estratégias para implementar um plano de combate a estes problemas. Haja vontade de fazer algo em conjunto por esta cidade. Penso que estas situações são de fácil resolução. Outras mais complicadas haverá, de certeza, para tratar. No entanto, estas situações vão-se arrastando e multiplicando no tempo e no espaço. Ao fim de tantos anos a desilusão é grande. Parece que não há ninguém capaz de fazer e ser diferente daquilo que os outros foram.

 

DSC_01.jpg

DSC_02.jpg

DSC_05.JPG

DSC_07.JPG

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Pagliacci às 17:49


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Novembro 2014

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30


Links

Literatura

Cultura

Astronomia